<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d13730762\x26blogName\x3dD\x27Homem\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://dehomem.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://dehomem.blogspot.com/\x26vt\x3d-9092945672773493816', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

18 fevereiro 2006

A casa do homem - 3

Em jeito de continuação, aqui se complementam os dois prévios, A casa do homem - 1 e A casa do homem - 2.



Cozinha
Esta divisão, apesar de administrada pela cara-metade, não dispensa uma pormenorizada descrição.
Na cozinha haverá obrigatoriamente uma mesa, onde a famelga almoça (sem o homem, que obviamente levou a marmita para a obra). A mesa deverá ser como manda a lei, ou seja, de madeira e mal-jeitosa. Em alternativa, contraplacado sem tinta. Não deverá ser olvidado que todas as mesas de cozinha colhão têm as pernas dispostas a provocar o desconforto a toda a gente que não se senta à cabeceira - o lugar do homem, mesmo que este não a use.
O frigorífico deverá ser de uma estrela apenas, e a cobertura de ferrugem é mandatória. Os artigos mantidos no seu interior incluem cerveja, cerveja, vinho verde, restos de comida para a famelga aquecer ao almoço, cerveja, sangue de porco e galinha, e super bock. Nunca leite e muito menos os seus derivados, e nunca verduras (que, quando necessárias, são reiradas directamente da horta).
O fogão é por demais óbvio a gás, de quatro bocas. Uma delas estará entupida com gordura. Forno não existe, porque gasta uma energia do caralho. Para além disso, quase não cabe uma cabeça de porco inteira. Assados só a lenha, e para tal efeito existe a testicularmente chamada "cozinha do forno", divisão a ser tratada posteriormente.
Espero ser dispensável especificar que qualquer electrodoméstico não essencial só entra em casa em catálogos; Deus certamente que não deu mãozinhas às mulheres só para fazer tricot, elas que tratem de as usar para lavar e limpar a louça à moda antiga. E acima de tudo, homem á séria não come coisas vindas de micro-ondas, porque diz que dá cancro - e perde-se aquele gostinho a gás que o fogão dá à comida.

Já que se fala de cozinhas, fale-se de cozinheiros - actividade D'Homem sob um sem número de restrições, obviamente. Nada de Chef Panël Brusseau ou o caralho. Nada da afamada nouvelle cuisine, com três nacos de faisão envoltos em pele de piça de andorinha e regado a molho de ervilhas e manga. Churrascos, e pouco mais, é D'Homem fazer-se.



Algo D'Homem será João Carlos Silva, do programa "Na roça com os tachos", que cozinha com instrumentos mais arcaicos que os pintelhos da lúcia milagreira. Muito menos dizer frases como "Qui bôniiiito!" mas de resto ainda que escapa.

Aprendei, imperbes púncias.

Ressabianços: 12

Blogger J. Bacalhau AKA Psycho-Krillin
(18 fevereiro, 2006 21:49)

"homem á séria não come coisas vindas de micro-ondas, porque diz que dá cancro"

Pensei que fosse d'Homem cagar na saúde...

 
Blogger Ginjas
(19 fevereiro, 2006 02:06)

Não é de todo de homem cagar na saúde, por vários motivos, sendo o primeiro dos quais o facto de que, fosse a saúde negligenciada, seria dispensável a máscula visita ao endireita, entre outras tradicionais formas de medicina máscula, como as tradicionais mezinhas.

Por outro lado está bem explicitada a parte de "diz que dá cancro" (em vez de "dá cancro"), o que remete para a crença popular máscula em mitos e histórias mal contadas.

 
Blogger Maria Cachucha
(19 fevereiro, 2006 11:02)

endireita is luv.

 
Anonymous Fiães
(20 fevereiro, 2006 15:13)

diz q dá cancaro.. tb ja ouvi dizer q sim..

 
Anonymous Anónimo
(20 fevereiro, 2006 21:01)

tabaco é que dizem dar cancaro!

 
Anonymous compi
(21 fevereiro, 2006 01:44)

Dá cancaro eh na piça!!!

Agora fumar dá cancaro?

Isso é para aqueles panaleiros que fumam cigarrilha!!!

 
Blogger Ginjas
(21 fevereiro, 2006 10:06)

que d'homem, compi... impacábel!

 
Blogger Megas
(22 fevereiro, 2006 03:59)

O meu avô fumava 15 maços de Águia por dia e ainda hoje bate nos netos caralho...isso são tudo histórias para quebrar o pilar da educação que é o "fumar"...

 
Anonymous Anónimo
(22 fevereiro, 2006 21:20)

fumar faz cagar fininho e isso nao é d'homem

 
Blogger Johnny Boy
(23 fevereiro, 2006 02:21)

o caro anónimo anda a fumar os charutos errados... va, deixe-se desses senhores vestidos com couros e correntes e que fazem comboios de gajos e arranje uma tina/micas/maria

 
Anonymous Anónimo
(06 fevereiro, 2007 13:58)

Excellent, love it! »

 
Anonymous Anónimo
(08 fevereiro, 2010 15:14)

Por que sempre tem um pirralho metrossexual a dar pitacos em inglês??

 

Enviar um comentário

<< dehomem.blogspot.com