<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d13730762\x26blogName\x3dD\x27Homem\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://dehomem.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://dehomem.blogspot.com/\x26vt\x3d-9092945672773493816', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

31 julho 2005

O Piquenique



Tentem depictar mentalmente o bucólico cenário assim descrito: uma numerosa família ordeiramente dividida em escalões sexuais e etários à volta de uma ou várias toalhas (brancas aos quadrados vermelhos OU verdes) petiscando coxas de frango, pedaços de marmelada com queijo, orelheira, bucho, torresmos, fatias de toucinho, melão com presunto, talvez até uma bela canja trazida numa termos, ainda a fumegar... faz-me pensar como é que aqueles semi-nus de seda e cetim foram parar ao tecto da Capela Sistina.

Piquenique em amenas paisagens rurais é das coisas mais de homem do mundo. Se bem que se feito numa praia fluvial a 10 metros de um esgoto escondido pelas rochas não lhe fica atrás, principalmente se depois houver pancada nos putos que insistiram em ir tomar banho logo depois de comer.

Aquando da chegada ao local do convénio, homem que é homem abanca em banquinhos de 3 pés ou em cima da mala térmica, enquanto dá indicações às mulheres e mancebos (juntamente com os outros machos que hajam seguido o mesmo protocolo, caso a sua presença se verifique) acerca da melhor colocação da toalha, etc.
Assim que tudo está no sítio, é de homem bater no puto que ligou o rádio e dizer "caralho, deixóbir os passarinhos!".

Depois segue-se a intuitiva distribuição à volta da toalha. Homem que é homem está rodeado de machos equivalentes, e mais duas áreas de população se formam - as do gajedo e as da mancebia (assexuada). Homem à séria vai petiscando bucho, torresmos, orelheira, tremoços, azeitonas e amendoins, enaquanto que a mulher lhe serve a sopa para uma malga (de barro, obviamente), que prontamente sorve rápida e ruidosamente, mal dando tempo à mulher de evitar uma pequena achega por não ter conseguido servir um prato com coxas de frango a tempo. Para beber há claro cerveja e vinho à discrição.

Para sobremesa existe toucinho-do-céu, pudim de abade de priscos, leite creme, farturas e churros.
O café é preparado como já explicado aqui.

Se a permanência no local exceder a duração do repasto, é de homem ler o jornal deitado numa rede que se trouxe e prendeu entre duas árvores, distribuindo cruciais chapadonas à chavalada que faz um escarcel da bergaita.

Como é escusado referir, homem que se diz mesmo homem não participa na alegre actividade de arrumar a trouxa, aproveitando antes o tempo para uma boa sesta depois do bagaço, para descansar antes da esgotante actividade de conduzir.
Acima de tudo, evite-se a seguinte abichanada situação (de homem ali só mesmo a toalha... talheres? e a cor daquele vinho? deve ser francês ou o crl...):


Aprendei.

Ressabianços: 7

Blogger ritz
(31 julho, 2005 03:13)

como sempre, muito bom.
e os meus parabéns a bosselência por saber o que é um pudim de abade de priscos.

 
Blogger Ginjas
(31 julho, 2005 04:26)

Pudim de abade de priscos é muito de homem. O que não é de homem é saber o nome. Homem que é homem diz "aquele pudim doce com'ó caralho que fazes sempre pó meu pai".
Cumprimentos

 
Anonymous Angelspit
(01 agosto, 2005 13:46)

Piquenique? De Homem???
Agora, não é mesmo de homem saber o nome de pudim de abade de priscos! A propósito, o template do blog é que está um pouco abichanado, não??

 
Blogger ritz
(01 agosto, 2005 16:42)

exactamente nesses termos .)

 
Anonymous Tó das Coubes
(11 agosto, 2005 13:57)

Não é D'Homem ter canivetes da "Victorinox" como ilustra a fotografia do post. Mesmo assim é um grande Blog.

 
Anonymous 1904
(11 agosto, 2005 14:24)

Muito bem caracterizados as tardes de Domingo á tarde de um HOMEM!
E depois das entremeadas a real cagada á caçador no meio das ervas daninhas...


Ricardo Ribeiro

 
Anonymous Tó das Coubes
(11 agosto, 2005 15:02)

E limpar o cú às urtigas!!!

 

Enviar um comentário

<< dehomem.blogspot.com