<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d13730762\x26blogName\x3dD\x27Homem\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://dehomem.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://dehomem.blogspot.com/\x26vt\x3d-9092945672773493816', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

11 julho 2005

Jogos de Homem - Futebol

Futebol é um jogo d'homem. Sim, leram bem, jogo, e não desporto, porque desporto é exercicio e exercicio é de roto (sim, até desportos de porrada).
Ou seja, homem que é homem não joga futebol, apenas sabe como se joga. O macho não joga futebol também devido à reputação que os jogadores deram à actividade. Dantes, os jogadores eram muito mais macho:
- usavam bigode,
- jogavam com bolas de couro que ja por si eram pesadas mas que absorviam a agua da chuva, o que lhes multiplicava o peso,
- os jogadores não rapavam as pernas,
- ganhavam um bolo de arroz no fim do jogo em vez duma fortuna,
- a maioria dos campos eram pelados e a tinta era de cal, o que queimava a pele,

ou seja, era tudo colhão, tudo a pingar de testosterona.

Hoje em dia os jogadores de futebol preocupam-se tanto com o jogo como se preocupam por parecer modelos:
- trocou-se o bigode pelas bandeletes e elásticos (coisas de mulher, como é possivel),
- rapam-se as pernas,
- as bolas parecem penas,
- os jogadores ganham fortunas,
- já não há tantas invasões de campo como deveria haver,
- os campos são relvados,
- a tinta não é abrasiva,
- e até têm carrinhos que os tiram do campo se fingem que se aleijaram, uma vergonha.

O declínio do futebol, felizmente não trouxe a extinção do jogador macho, ainda sobrevivem alguns jogadores que não usam bandeletes, e não têm medo de dar porrada nos menos afortunados adversários, mas mesmo assim não se equiparam aos camiões de macheza que havia dantes.

Portanto, os machos de hoje remeteram-se apenas aos cafés e tascos onde, por mais sebento que o tasco possa parecer, há sempre uma televisão de ecran panorâmico ou pelo menos assina-se a Sportv. ou seja, todos os dias há horas do dia onde os homens da zona assistem a todos os jogos da liga, todos, mesmo os dos últimos clubes.
Quanto a clubismos, não há clube mais macho que outro qualquer. Encontram-se machos de todas as cores e a variedade dá origem a diferenças e as diferenças dão origem a zaragatas, ou seja, coisa d'homem.
O gang do testículo junta-se de frente para a televisão a beber cerveja trazida constatemente pela micas/tina/maria e a falar a altos berros, por cima dos comentários do jogo que tentam comentar por cima das vozes dos machos.
E assim se passam tardes e noites a ver a bola, a beber a jola e a andar a porrada, sempre em nome da masculinidade.

Aprendei.

Ressabianços: 2

Anonymous Milocas
(13 julho, 2005 22:22)

Fónix! Já começou a temporada e ficaram agarrados á bola na tasca foi? Esqueceram-se que não é D'Homem largar os pupilos abandonados á sua sorte, sem orientação?! Ai...que isto assim vai mal... ai vai ,vai!
Mas pronto, tenho é dito!

 
Blogger Johnny Boy
(14 julho, 2005 03:31)

cara milocas, eu até pedia desculpas, mas homem que é homem nao o faz.
agradeço o apreço e a exigência, mas isto é gente que trabalha e passa ferias e por isso a inactividade foi inevitável.
queira ter calma, nao se fechou o tasco ainda.
saudações regadas de testosterona e molho de moelas (muito d'homem)

 

Enviar um comentário

<< dehomem.blogspot.com