<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d13730762\x26blogName\x3dD\x27Homem\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://dehomem.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://dehomem.blogspot.com/\x26vt\x3d-9092945672773493816', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

04 setembro 2005

Homens da História e Ficção: Mr. T.


Uma personagem frenquentemente esquecida, mas não por nós, e que é muito de homem, ou pelo menos na maioria dos aspectos, é sem dúvida Mr. T.
Muitos de vós, leitores, se lembrarão daquele clássico das séries televisivas, o Esquadrão Classe A (ou A-team), onde este senhor fazia de Sgt. Bosco Baracus, ou seja "B.A.". Mas também foi visto à pancada com Rocky Balboa (apesar de nao considerarmos o box um desporto propriamente d'homem, é porrada...) e noutras situações com menos importância.
Mr. T tem, como todos os outros personagens falados no blog, factores a favor e contra a sua macheza.
Começemos pelo principio. Mr. T vem de uma familia com doze crianças (d'homem, ter muita canalha), que vivia num apartamento do gueto com três quartos. O seu pai abandonou a familia (nada de homem, abandonar) quando T tinha cinco anos.

A imagem de marca de Mr. T emana macheza (excepto a crista, mas mesmo essa não é pintada por isso menos mal), senão vejamos: é forte, tem barba, tem muito ouro, é mau, e a sua frase preferida é "I pitty the fools" ("Tenho pena dos parolos", nós também).
Coisas que não abonam a seu favor, para além da crista, é o facto de não beber bebidas alcoólicas (por favor...) e de ter praticado wrestling (que não é nada de homem porque nem sequer é pancada a sério).
Como se pode ver, uma personagem muito de homem.
Aprendei.

Ressabianços: 3

Anonymous Pfo4r
(06 setembro, 2005 00:41)

pois engana-se meu caro amigo, wrestling é porrada, mas porrada a serio, o que o senhor está a falar é o wrestling que se ve na televisao, esse sim, muito pouco de homem... Agora, wrestling a serio, é DE HOMEM

 
Blogger Johnny Boy
(06 setembro, 2005 03:44)

vejamos, a unica porrada d'homem nao sao dois homens abraçados a lentar deitar o outro ao chao com máscaras abichanadas.
a unica porrada de colhão consite naquela que provem do alcool e que se dá em frente aos tascos e que envolve murros, pontapés, atirar coisas e dar com os barretes nos outros. e no fim sao todos amigos outra vez.

e no caso do wrestling em que o mr.t participou, sim, é porrada a fingir e nao e d'homem.

 
Anonymous Deco10
(07 setembro, 2005 05:25)

johnny boy diz: "dsclp la" !

 

Enviar um comentário

<< dehomem.blogspot.com