<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d13730762\x26blogName\x3dD\x27Homem\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://dehomem.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://dehomem.blogspot.com/\x26vt\x3d-9092945672773493816', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

03 julho 2005

Necessidades Fisiológicas - Expelir gases

Homem que é homem expele gases sempre que achar por bem fazê-lo ou sempre que sentir necessidade de tal.
Todos sabemos que aguentar um traque faz mal à próstata, e que aguentar um arroto faz mal a... ok pronto.
Como se vê, há dois modos de expelir gases, um por cima e outro por baixo, um pela boca outro pelo anús.
Comecemos por baixo (como uma casa).

O Peido.
O peido é das coisas mais belas mas ao mesmo tempo mais mal amadas de sempre.
Foi praticamente banido por uma sociedade mariconça há muito tempo, mas sobrevive, agora e sempre, em cada homem que é homem.
Em termos científicos e completamente inúteis para um homem, a flatulência aparece quando gases derivados da digestão da comida se acumulam no intestino e se dirigem para a saida, criando vibração à medida que passam no anús.
O homem macho expele os seus gases com alarido e com fedor. Já foi dito que o mais homem é aquele que peida mais alto, e isso já vem desde tempos imemoriais, ou seja, da pré história, quando se instalava a confusão na caverna e o macho dominante mandava o seu peido mestre para que todos se calassem (ou um arroto, mas ja falaremos disso). O peido tem toda uma panóplia de vantagens, tanto sociais como outras quaisquer: é divertido (dá para fazer concursos), serve para afirmação de masculinidade, para identificação de refeições passadas ("[snif] Oh Manel, quer me parecer que ontem comeste bacalhau à Zé do Pipo.").
Havendo vários tipos de peido, o verdadeiro homem saberá como os dar todos. Alto para se fazer notar, baixo para asfixiar discretamente, grave para testar a ressonância nas paredes da obra, grave para assobiar melodias, pausado para acompanhar os colegas em cantorias, etc.
O movimento inerente a cada peido pode não ser utilizado mas é já um clássico: inclinar para o lado, levantar ligeiramente a perna, soltar o gás fazendo uma expressão de esforço seguida duma expressão de satisfação, voltar à posição natural.

O Arroto.
Tal como o peido, o arroto é também das coisas mais mal amadas de sempre. Mas é ainda praticado pelos machos de toda a parte. Mas os propósitos do arroto não são, geralmente, os mesmos que os do peido. Pode servir para mandar calar, afirmar a masculinidade, mas também para mostrar satisfação, relaxamento, etc.
É bem sabido que o macho árabe arrota no fim da refeição, para mostrar que a mesma estava do seu agrado. O macho português faz uma coisa semelhante, quando bebe cerveja, por exemplo, mas este arroto fará parte de todo um ritual que começa com uma inspiração seguida do arroto, um estalar de língua e uma expiração, depois diz-se "Isto é que vai uma crise, hein?" ou outra frase igualmente máscula.
Os arrotos não diferem muito uns dos outros em sonoridade, por isso, tanto o hálito como a duração do arroto dão a identidade ao dito, mas não se fazem concursos de hálito, por estranho que pareça.
Se o macho se encontra no tasco com os seus semelhantes a beber a sua cerveja e a bater as suas cartas, a Tina/Micas/Maria saberá que deve servir mais canecas quando os arrotos começarem a diminuir de frequência (repare-se que as cervejas nunca param de vir, mesmo quando os hálitos se acumulam para formar uma nuvem de álcool em volta da mesa).

Em suma, arrotar e peidar é d'homem, quanto mais sonoramente mais rijo, quanto pior o cheiro, mais colhão.
Aprendei.

Ressabianços: 8

Anonymous milocas
(04 julho, 2005 06:36)

Buuuuurrrp! Desculpai lá! Frize maracujá! Mai nada!

 
Blogger Johnny Boy
(04 julho, 2005 19:53)

hum.. arroto com hálito a maracujá? roça um bocado o mariconço... nao sei...

 
Anonymous Milocas
(05 julho, 2005 12:38)

Ora... Esta, de seu nome claramente apaneleirado, adora maracujá, e de vez em quando roça o mariconço por aí :P
Sub-entendam como quiserem. Homem que é Homem sabe ler nas entrelinhas. Tenho dito.

 
Anonymous Anónimo
(06 julho, 2005 12:17)

A parte da peidorragem até tem o seu quê de interessante. Continua porque os temas peido e merda têm bastante para explorar.

PA

 
Blogger Riky Martin
(06 julho, 2005 12:23)

Há lá coisa mais linda que um saber dizer "vai-te fuder" a arrotar???
e o que é que pode chegar à eloquência de um tipo dar duas palmadinhas na barriga e mandar um peido daqueles que faz tremer as paredes???

 
Anonymous Profeta
(06 julho, 2005 12:33)

Marabilha das marabilhas é tar a ver a bola com os machos, acompanhado do seu "Superbólico" líquido e o clássico pratinho de amendoins e tremoços, e arrotar por cada gole de jola que se manda abaixo!Ahhhh! Não há nada mais reconfortante que isso!! Esperem lá, minto! Melhor ainda é quando, com a emoção de um golo, se manda o tão famoso peido da glória que nos faz dar um salto da cadeira/sofá, em que por muitas vezes se chega a atingir alturas inacreditáveis(sonoras e na vertical)!!

Buuuuuuuuurrrrrrrpppp!!!!ahhhhhh pufffffrtpt!! sniiiiiiifffff!! que cheirinhuuuuuu!! :D

P.S.: Deixo-vos um link para quando foram para o estrangeiro!!

 
Blogger Emanuel Vilela
(07 julho, 2005 16:10)

Homem que é homem não usa foguetes nas festas religiosas da aldeia! Usa os seus proprios peidos para assinalar a festividade! Isso sim é de macho!

 
Anonymous Anónimo
(17 fevereiro, 2012 13:39)

I would like to more know about it. asthma Read a useful article about tramadol tramadol

 

Enviar um comentário

<< dehomem.blogspot.com